quarta-feira, março 08, 2006

Mote para Novas Aventuras

amantes furiosos

raça eterna
almas ardentes
suplício feroz
amor e ódio
morte honrosa
sacra nobreza
cruel inocência
chama de triunfo
paixões violentas
amantes furiosos
fiéis ao romance
cruzaremos rotas sem fim

Letra — Pedro Ayres Magalhães, Carlos Maria Trindade, Paulo Borges
Música — Heróis do Mar

8 Comments:

Blogger Bic Laranja said...

Ao redor desta fogueira
Enquanto as armas descansam...


Cumpts. :)

9:48 da tarde  
Blogger Mendo Ramires said...

...Saudade...
Saudações!

9:55 da tarde  
Blogger JoaoViriato said...

Grande música! E que tal colocá-la a tocar no blogue? ;)

10:01 da tarde  
Blogger alex said...

Dos fracos
não reza a História,
cantemos alta
nossa Vitória

10:51 da tarde  
Blogger Mendo Ramires said...

Fico à espera que o Viriato me ensine a 'pôr a banda a tocar' - no "rádio" ou noutra maquineta qualquer... ;)
A sério.

4:43 da manhã  
Blogger FSantos said...

«Lá se vão, os heróis, os heróis......»
Tenho o vinil guardado com religioso e patriótico fervor. A única coisa de jeito que os HM fizeram.

10:02 da manhã  
Blogger Mendo Ramires said...

Caro FG Santos:
Embora a obra dos Heróis do Mar, na sua recta final, esteja, de facto, contaminada por 'modas e modinhas', parece-me que vale a pena tê-la e conservá-la na íntegra. Digo eu...
Cá na Torre guardam-se todos os discos de vinil dos Heróis (os de longa e os de curta duração).
Saudações!

4:04 da tarde  
Blogger FSantos said...

Raros, raros, serão os singles do Pedro Ayres a solo. Deles só possuo umas gravações da rádio de manhosa qualidade.

4:56 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home