domingo, junho 18, 2006

Do Nacionalismo Lusitano ou do Fascismo Português

A Revolução Nacionalista,
João de Castro,
Biblioteca de Acção Nacionalista, Lisboa, 1922.

4 Comments:

Blogger Jordão said...

Eça de Queirós era um socialista republicano e anti-clerical. É estranho os nacionalistas usarem-no como porta-estandarte.

9:16 da tarde  
Blogger Vanguardista said...

O Mendo tem que digitalizar e colocar on-line ;)

12:35 da manhã  
Blogger Vanguardista said...

«Eça de Queirós era um socialista republicano e anti-clerical.»

Mussolini também.

12:36 da manhã  
Blogger Jordão said...

Quer o sr. vanguardista dizer que Eça de Queirós trocou de campo durante a vida?

7:28 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home