quinta-feira, julho 20, 2006

Mal nacional (10)

Decadência. Muitos filhos de cavalos tornam-se burros.

5 Comments:

Blogger martim said...

Agradeço penhorado o elogio. Tomo-o para Henrique Barrilaro Ruas, verdadeiro Mestre. Muito obrigado!

11:58 da tarde  
Blogger Mendo Ramires said...

Caríssimo Martim:
Bem-haja por estas suas simpáticas palavras. Mas, chamo-lhe a atenção para o facto de poderem vir a ser mal interpretadas, por estranhos, nesta caixa; pois, supostamente, a mesma deveria receber, apenas, comentários referentes a este específico 'aforismo'.
Saudações Integralistas.

3:16 da manhã  
Blogger JSM said...

Uma achega, mais dentro do espírito da coisa, ou seja, a partir da extinção dos vínculos (que entretanto prossegue): "pai rico, filho nobre, neto pobre".
São três gerações!
Os vínculos, ou seja, a tradição tinham a enorme vantagem de segurar e assegurar por mais tempo o sentido das responsabilidades de quem estava vocacionado para as ter, servindo a família, e a sociedade, por consequência.
Um abraço.
Um abraço.

4:52 da tarde  
Blogger Mendo Ramires said...

Caríssimo JSM:
Esse tema — da Propreidade vinculada — é fundamental para a compreensão da Monarquia Tradicional e Verdadeira (a única, portanto).
Permita-me sugerir-lhe: não quer escrever sobre o assunto no seu blogue?...

1:40 da manhã  
Blogger Mendo Ramires said...

Errata: Propriedade (na 2ª linha).

1:41 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home