sexta-feira, setembro 08, 2006

Máximas e Reflexões

Toda a palavra, uma vez pronunciada, desperta o pensamento contrário.

Certos livros parecem ter sido escritos, não para que deles se aprenda algo, mas antes para que se saiba que o autor aprendeu qualquer coisa.

A Sabedoria reside unicamente na Verdade.

Quem não sabe línguas estrangeiras não sabe nada da sua própria.

Se a juventude é um erro, então é um erro de que o homem se livra bem depressa.

Só para os homens que nada sabem criar, só para esses, nada há aí.

Oxalá o estudo das literaturas grega e romana possa permanecer a base da educação superior.

O verdadeiro estudante aprende a tirar o desconhecido do conhecido e aproxima-se do Mestre.

O melhor que temos da História é o entusiasmo que ela suscita.

Princípios gerais e grande arrogância estão sempre a caminho de preparar tremendas desgraças.

Primeiro instrua-se cada um a si mesmo e só então receberá instrução dada por outros.

Nada é mais terrível do que uma ignorância activa.

Da melhor sociedade dizia-se: a sua conversação ensina, o seu silêncio forma.

Devemos afastar-nos da Beleza e do Espírito se não queremos tornar-nos seus servidores.

Arte: uma outra Natureza também misteriosa mas compreensível, pois ela brota do entendimento.

GOETHE

2 Comments:

Blogger Pedro Ferreira, Visconde de Cunhaú said...

Excelente texto!

9:15 da tarde  
Blogger Thoth said...

Só falta: a arrogância da ignorância!

Cumprimentos

10:52 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home