sexta-feira, outubro 20, 2006

Fins

Conscientes de que não estamos sozinhos no Mundo, é certo e sabido que por cá nos limitaremos a apanhar um barco que está prestes a zarpar. Da Europa virá o sinal de arranque para a mudança, pois o actual modelo político-económico-social deste Continente está velho e acabado. A derrocada, causada pela esterilidade — física e mental —, à mistura com a submissão deslumbrada aos poderes ocultos (que todos, no entanto, conhecem), está à distância de um passo. Os povos mantêm-se adormecidos; aguardam, como sempre, o sinal de uma elite, que os venha despertar, para se regenerarem através da acção. O pior que poderá acontecer será a ausência de um Programa quando a Hora chegar e a implosão do actual sistema demo-liberal (ainda ele) se concretizar. Trabalhai pois — Jovens da Portugal — na construção de uma alternativa; tendo sempre presente o Passado, que é a garantia de um Futuro Nacional!

4 Comments:

Blogger FSantos said...

Livra! Li "Fim", já imaginava que era o fim deste blogue. E logo quando temos prosa desta, encorajamentos às novas gerações, sempre com a lição integralista em mente: pensar o Futuro com os olhos no (melhor do) passado.
Em frente!

12:16 da manhã  
Blogger O Corcunda said...

É precisamente isso. E o Integralismo só pode ser encarado como a forma de perceber o que é o melhor...

3:05 da manhã  
Blogger Je maintiendrai said...

Meu caro Ramires como eu lhe invejo o optimismo. Mas, enfim, é assim que deve ser...

2:41 da tarde  
Blogger alex said...

"... a implosão do actual sistema demo-liberal"

Peço imensa desculpa, mas penso sincera e fundadamente) que será mais provável a Terra ficar quadrada ou caír um nevão no Inferno.
Quando muito, as necessárias 'adaptações'.

ps - o que parece estar a implodir, isso sim (e felizmente), é a porcaria do 'socialismo' (e seus 'modus vivendi' e 'modus operandi') que continua (ainda) a 'tolher' a Europa.

9:25 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home